quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Escondidinho

.
.
No meu trabalho, há um pequeno grupo de funcionários (do qual eu faço parte) que se recusa a pagar caro para comer uma comida “mais ou menos”. Todos os restaurantes próximos têm preços superiores a R$ 20,00 o quilo e os pratos não fazem jus ao valor cobrado! Decidimos, então, começar a levar o nosso almoço.

No início, cada um levava apenas as suas porções. Depois, passamos a combinar um cardápio para a semana e a fazer um rodízio: num dia, alguém fica com o prato principal; no outro, com a salada; depois, com a massa ou o arroz etc.


Há algumas semanas, eu preparei uma receita muito simples e versátil, que todos adoraram e me pediram para pôr no blog. Antes, tenho uma ressalva... Eu sou bastante metódica no preparo de doces, mas o mesmo não acontece com pratos salgados. Dependendo do que tenho em casa, eu altero a receita original – tanto os ingredientes quanto as quantidades. Pesquiso na internet ou em livros, faço uma mistura do que gostei mais nessa ou naquela versão e crio uma outra totalmente diferente.


Logo, sintam-se à vontade para mudar o que quiserem... Trocar a batata por mandioca, abóbora ou qualquer outro vegetal feculento. A propósito, eu amo escondidinho feito com purê de mandioquinha! O recheio também pode levar de tudo: frango, carne de sol, bacalhau desfiado (fica um absurdo de bom!), camarão ou só vegetais.

.
Purê de batata
1,5 kg de batata
1 pitada de noz moscada
½ xícara de leite ou creme de leite fresco
sal a gosto
1 colher (sopa) de manteiga

.
Ingredientes do recheio
3 dentes de alho amassados
1 cebola grande picada
1 alho-poró fatiado
2 cenouras cortadas em cubinhos
3 tomates picados (sem pele e sem sementes)
800 g de carne moída
louro, cheiro verde, sal e pimenta a gosto

.
Modo de fazer
Cozinhe a batata em água e sal, descasque e passe pelo espremedor. Leve ao fogo com o leite ou o creme de leite fresco e tempere com sal e noz moscada a gosto. Por último acrescente a manteiga e mexa bem. Reserve.


Para o recheio, refogue todos os legumes – menos o tomate – em azeite ou manteiga. Reserve. Na mesma panela, refogue a carne moída e tempere com folhas de louro, sal e pimenta a gosto. Quando estiver bem cozida, acrescente os legumes reservados e o tomate. Mexa bem e deixe ferver por alguns minutos. Por fim, adicione o cheiro verde.


Para a montagem, unte uma assadeira refratária com azeite e forre as laterais e o fundo com um pouco de purê. Em seguida, coloque uma farta camada de recheio. Cubra com purê e bastante queijo ralado e leve ao forno para gratinar.

.

Um comentário:

Daniela Kodaira disse...

Ai Déa, posso almoçar com vcs também?
Quando eu estudava aqui vivia levando a minha comida, pois a da cantina não era nem um pouco balanceada e em porções enormes! Um desperdicio!Uma super idéia a de vcs de criar até um cardapio! Acho que mais gente vai se interessar... beijo grande.